Reajuste: Piso Nacional dos ACS e ACE pode ficar entre R$1.191,84 e R$1.199,38

Jornal dos ACS e ACE
Publicado em: 16 de maio de 2016 - Visto 1093 vezes.
Langues / Languages:
  • Português
  • English
  • Français

  • Reajuste: Piso Nacional dos ACS e ACE pode ficar entre R$1.191,84 e R$1.199,38

    A novela do tão esperado reajuste no Piso nacional dos ACS e ACE parece não acabar nunca:

    Em reunião realizada no na Esplanada dos Ministérios no DF, os Representantes dos Agentes Comunitários de Saúde e Agente de Combate às Endemias Confederação Nacional dos Agentes Comunitários de Saúde (CONACS) e  Federação Nacional de Agentes Comunitários de Saúde e de Combate às Endemias (FENASCE) e a Confederação Nacional dos Trabalhadores em Seguridade Social (CNTSS), foi discutido que o piso nacional dos ACS e ACE ficaria no valor de R$ 1.199,38 (mil cento e noventa e nove reais e trinta e oito centavos) de acordo com a variação da inflação desde julho de 2015 medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC).
    Mas outro índice que também pode ser levado em consideração é o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) que reajustaria o Piso nacional para R$ 1.191,84 (mil cento e noventa e um reais e oitenta e quatro centavos), considerando a mesma variação da inflação desde julho de 2015 até o Mês de maio de 2016.
    Agora só basta sabermos quais dos índices será escolhido para finalmente minimizar a covardia que estão fazendo com os ACS e ACE que desde 2014 quando foi instituído o Piso nacional dos Agentes Comunitários de Saúde e Agente de Combate às Endemias pela LEI Nº 12.994.
    Veja abaixo um cópia da Ata dessa reunião Realizada na Esplanada dos Ministérios no DF.
     

    (clique na imagem para ampliar)
    Sending
    Nota de visitantes:
    0 (0 voto)
    Nota com comentários: 0 (0 votos)

    Sobre o autor:

    Esse post foi publicado em 16 de maio de 2016 por Alexandre Santos.
    Blogueiro desde 2009 - Programador - Amante da tecnologia e internet.
    Tags: , , ,
    #COMPARTILHE:
    .

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Sending